Vindima

A ideia é que ao longo dos vários dias se vá abrindo a vindima para os diversos tipos de uva, de acordo com as indicações que forem dadas pelo departamento técnico da Adega.

José Miguel Almeida, presidente da Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito, afirma que embora a região Alentejo possa ter, em 2019, segundo a CVRA-Comissão Vitivinícola Regional Alentejana um aumento na produção de vinho entre 5 e 10% em relação a 2018, no caso da ACVCA, este ano, a produção deverá ser idêntica à do ano passado que, recorde-se teria sido “histórica” se não tivesse ficado marcada pelo fenómeno de “escaldão”.

Ainda segundo José Miguel Almeida o Verão deste ano, com noites frescas e dias com temperaturas moderadamente elevadas, tem sido propício à “maturação”, por isso, acredita que estão reunidas as condições para uma boa colheita.


Comente esta notícia