Jornadas Parlamentares PS

O secretário-geral do PS fez a sessão de encerramento das Jornadas Parlamentares, na Pousada do Alqueva e deixou os baixo alentejanos sem respostas sobre a A26 e sobre a possibilidade de se introduzir, ou não, a eletrificação da linha férrea Beja/Casa Branca, no PNI 2030, apesar do líder parlamentar do PS Carlos César, ter afirmado ontem, em Beja, essa possibilidade. Sem respostas ficou, igualmente, o futuro do Aeroporto de Beja.

Neste último dia de evento, as atenções estiveram nos investimentos já realizados na região, nomeadamente no Alqueva, que mereceu destaque neste último dia de Jornadas Parlamentares socialistas.


Comente esta notícia

primeiro a conclusao das obras do alqueva devem-se a grande luta travada pelos alentejanos , que obrigaram o governo do PS de entao a retomar as obras que tinha parado. Quanto a resoluçao dos projetos tao necessarios para o desenvolvimento do Alentejo, percebe-se porque A.Costa nada disse. O alentejo para estes senhores vale apenas 8 deputados . Quando os Alentejanos perceberem que tal como para a construçao da Barragem do Alqueva foi necessaria a sua unidade , entao talvez consigam obrigar os senhores da politica a dar importancia aos Alentejanos.

a1j9c47

04/07/2018

Nada de diferente no comportamento do primeiro ministro. Dejà vu!

Nikis Theodorakis Ribeiro

04/07/2018