Marchas

A um dia do Arraial de S. Pedro, a vice-presidente da Câmara de Vidigueira, Helena D'Aguilar, explica porque decidiu a autarquia que neste evento não deveria haver concurso, mas sim uma "competição saudável".

Vidigueira procura inovar, anualmente, no Arraial de S. Pedro e este ano, apresenta como novidade a participação no acompanhamento dos diferentes grupos de marchantes, na música e na voz, da Banda Filarmónica dos Bombeiros. Helena D'Aguilar revelou que o desafio foi feito há meses e que os Bombeiros aceitaram prontamente.

Neste sábado, dia 25, desfilam, a partir das 19.30 horas, a Marcha Infantil do Gama e a da Junta de Freguesia de Pedrogão do Alentejo; a Marcha Terras de Pão Gentes de Paz de Vidigueira; a Marcha da Vidigueira - Vila dos Gamas; a Marcha de S. Cucufate de Vila de Frades; a Marcha da Junta de Freguesia de Pedrogão; a Marcha da Junta de Freguesia de Selmes; a Marcha da Cortiça - Santana de Portel; a Marcha do Grupo Desportivo Independente de Setúbal e a Marcha de Alcântara de Lisboa.

O desfile termina às 21.00, na Praça Vasco da Gama, local onde irão atuar todos os grupos de marchantes, de forma individual, com som ao vivo pela Banda Filarmónica dos Bombeiros voluntários. Segue-se o mastro popular, com animação musical de José Santos e sardinhada. As entradas são livres.



Comente esta notícia