emergência abem covid19

Garantir que os mais frágeis continuem a aceder aos medicamentos, produtos e serviços de saúde, numa alturaem que lhes é pedido para não saírem de casa, é o objetivo desta ação.

Segundo o comunicado da Dignitude, “a iniciativa pode ser alargada a novos beneficiários, referenciados por entidades parceiras locais como Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, IPSS, Cáritas e Misericórdias. Pessoas que, no momento atual, apresentam necessidades específicas, decorrentes da pandemia do novo coronavírus e do Estado de Emergência declarado no dia 18 de março”.

Para responder a este desafio foi criado o Fundo Emergência abem: COVID-19, para o qual todos os portugueses são convidados a contribuir, assegurando que todos os donativos efetuados serão, exclusivamente, utilizados na aquisição de medicamentos, produtos e serviços de saúde para quem mais precisa. É possível ajudar através do site do programa Abem, em www.abem.pt

O Fundo arranca com um primeiro donativo da Associação Dignitude e da Fundação AGEAS, que contribuíram com mais de 25 mil e 500 euros.


Comente esta notícia