operação Ano Novo

Nesta passagem de ano mais de dois milhões de veículos foram fiscalizados em Portugal Continental, na fiscalização de velocidade a grande maioria (92%) foram controlados através do SINCRO - Sistema Nacional de Controlo de Velocidade.

Dos veículos fiscalizados, destacamos que 11,460 circulavam em excesso de velocidade, relativamente a outro tipo de infrações destaca-se a condução sob efeito de álcool, foram submetidos ao teste de alcoolémia 28.905 condutores, dos quais 437 apresentaram uma taxa de álcool superior à permitida, o que resultou em 267 detidos. No geral as taxas de infratores desceram em comparação com o ano passado.

Por fim, registaram-se, ainda, 779 infrações relativas a irregularidades com a inspeção obrigatória, 364 por manuseamento do telemóvel durante a condução e 320 pela incorreta ou não utilização do cinto de segurança.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, a GNR e a PSP fazem um apelo aos condutores, passageiros e peões para que adotem comportamentos seguros e respeitem a estrada de forma a contribuir para o combate à sinistralidade rodoviária.


Comente esta notícia