BE Fortes

Os bloquistas destacam “a vitória do povo de Fortes e a sua comissão de moradores e amigos, pelo excelente trabalho de mobilização e esclarecimento sobre esta causa ambiental”. Para o BE esta “decisão do IAPMEI, que só peca por tardia, coloca na ordem do dia a necessidade de uma inspecção rigorosa às condições ambientais e de laboração de outras duas fábricas de bagaço de azeitona, altamente poluentes à vista desarmada, em Alvito e Odivelas”.

Ainda segundo o Bloco de Esquerda, “na hora de celebrar esta vitória, há que reforçar a exigência de que a fábrica só retomará a laboração depois de realizadas as obras e os testes indispensáveis, controlados por entidades públicas exteriores à empresa”.



Comente esta notícia