assinatura amianto

De acordo com o município bejense, o vereador Arlindo Morais representou a autarquia na assinatura do acordo, que financiará a 100%, a remoção de cerca de 6500 m² de amianto, ainda, existente nas Escolas Mário Beirão e Santiago Maior.

 O valor das duas intervenções deverá rondar os 350 mil euros e prevê-se que estejam concluídas até ao início do ano letivo 2021/2022.

A Câmara Municipal de Beja é uma das 25 autarquias a nível nacional, que integra o programa nacional para remoção de amianto, que abrange mais de 600 edifícios escolares em todo o país.

Recorde-se que, no distrito de Beja além das escolas Mário Beirão e Santiago Maior, em Beja, estão, também, contempladas a escola Secundária de Aljustrel, a Básica e Secundária de Almodôvar, a Escola Básica e Secundária de Ferreira do Alentejo, a Básica e Secundária de Mértola, a Escola Básica de Odemira e as duas escolas Básicas de Serpa.


Comente esta notícia

Galeria de fotos