Beja capital

Em conferência de imprensa, realizada ontem, os vereadores socialistas eleitos na autarquia bejense apresentaram ontem o balanço de 100 dias de governação.  

Depois de elogiar o desempenho dos vereadores socialistas, Jorge Pulido Valente, deu início a um vasto rol de críticas, secundado por Ana Horta e José Velez, que assentaram na acusação de saneamento político de funcionários do município, na não existência de uma estratégia de desenvolvimento e naquilo que os vereadores socialistas consideram ser a destruição dos processos de atendimento público, com a troca de aplicações informáticas, por o atual presidente, segundo estes, não saber utilizar as atuais. Os eleitos socialistas lançaram ainda fortes críticas relacionadas com o funcionamento do executivo nas áreas das obras, educação e deficiente funcionamento dos serviços.


Comente esta notícia