Inclusão

Para isso, basta que os assistentes pessoais estejam devidamente acompanhados com cartão de cidadão emitido pelo Centro de Apoio à Vida Independente (CAVI).

De acordo com a autarquia bejense, esta medida “talvez pioneira a nível nacional”, tem como objetivo “a inclusão das pessoas com deficiência que desta forma poderão frequentar estes espaços devidamente acompanhadas, permitindo, assim, que possam usufruir dos diversos eventos municipais”.

A Câmara Municipal de Beja “dá o exemplo” e espera “que outras entidades” adoptem, igualmente, esta medida.


Comente esta notícia