Cantadores

Neste sábado, a partir das 20.00 horas, no Consulado Geral de Portugal em Sevilha, os dois géneros musicais Património Imaterial da Humanidade, o cante alentejano e o flamenco, sobem ao palco para o concerto "Imenso Sul". Um concerto que junta a tradição alentejana do Rancho dos Cantadores de Aldeia Nova de S. Bento, acompanhados por Pedro Mestre, e os Cantadores do Desassossego e alguns dos principais vultos do cante jondo, o "puro flamenco", como a sevilhana Esperanza Fernández, o granadino Miguel Ángel Cortés - Arcángel, e também, Fahmi Alqhai. José António Falcão, diretor do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, fala desta realização que mostra bem, a dimensão ibérica que o festival já ganhou.

Beja participa neste concerto, com os Cantadores do Desassossego e a seguir, num momento de degustação com vários produtos dos diferentes municípios que integram, a "embaixada cultural" do Alentejo. Em cima da mesa, do concelho de Beja vai estar o porquinho doce, o azeite e o pão. Da Câmara de Beja integra a comitiva que rumou a Sevilha, o vereador Manuel Oliveira. Na "embaixada cultural" do Alentejo, os utentes do Centro Social do Lidador, as alunas da Universidade Sénior de Beja e a Cercibeja colaboraram na confeção de 100 talegos que integram o Press Kit para os jornalistas dos meios de comunicação social de Portugal e Espanha. O Press Kit contém produtos regionais de excelência do território abrangido pelo evento: mel, vinho, queijadas de requeijão, ferreirenses, alconcoras, alcomonias, Queijo Serpa e conservas de cavala em molho de tomate.

Serpa participa, igualmente, neste sábado, no concerto "Imenso Sul", com a presença dos Cantadores de Aldeia Nova de S. Bento e também, com uma degustação de produtos regionais com a promoção do Queijo Serpa e da Feira do Queijo do Alentejo, a seguir ao espetáculo. Da Câmara de Serpa marcam presença, o presidente Tomé Pires e Isabel Estevens, vereadora com o pelouro da cultura.


Comente esta notícia