cáritas BPI

 Com esta adesão é possível trabalhar com entidades sociais e empresas de diversos sectores tendo em vista a integração laboral de grupos sociais vulneráveis.

Trata-se de um trabalho de colaboração e partilha através da implementação de uma metodologia colaborativa, inovadora e testada desde 2006 em Espanha, e que se vai implementar nesta região, renovando-se constantemente em função das necessidades do mercado.

Isaurindo Oliveira, presidente da Cáritas de Beja, destaca a importância do projecto.
No caso da Cáritas de Beja, Isaurindo Oliveira afirma que este é um serviço importante, mas complementar ao trabalho já desenvolvido pelas equipas e serviços instituição.



Comente esta notícia