Simbolo da CDU

O Município de Beja concretizou o projeto “Cante nas escolas” com o fim de criar raízes desta prática nas idades mais jovens e rentabilizando artistas e músicos locais. Através de protocolos com os agrupamentos de escolas, o anterior executivo de maioria CDU pretendia integrar esta atividade de ensino no plano de atividades da escola, conferindo-lhe a importância de componente letiva regular e não de complemento de tempos livres. Para alem disto, os Grupos Corais, que marcaram uma forte presença nas iniciativas levadas a cabo pelo Município, foram apoiados na sua atividade quer através de subsídios à atividade regular, quer em apoio às suas deslocações através da cedência de transportes sem qualquer ónus para os mesmos, sendo ainda alguns apoiados na aquisição de fardamento e gravação dos Cds”, referem os vereadores da CDU. Acrescentam, neste contexto, que “o Executivo PS na Câmara de Beja, demonstrando uma enorme falta de sensibilidade sobre todo o processo que envolveu esta Candidatura - em relação à qual, aliás, votou CONTRA - não foi capaz de dar continuidade a nenhum dos objetivos desta estratégia”. As declarações são da vereadora Sónia Calvário.

Os vereadores da CDU avançam, igualmente, que “as medidas de salvaguarda constituem um mecanismo que pretende assegurar a identidade musical da região e a sua perpetuação geracional e passam por iniciativas como a constituição de arquivo vivo do cante, centros de documentação, sua divulgação e ensino, programação regular no domínio do cante, definição duma rede de estruturas culturais do cante e certificação dos locais de cante. Tudo isto ficou pelo caminho, com a vitória do PS na Câmara de Beja”. As palavras são, também, da vereadora Sónia Calvário.

“Sendo o cante um elemento identitário e de partilha social, contribuindo de forma indelével para a transmissão de valores e coesão social, os eleitos da CDU no Município de Beja, defendem que importa fomentar o envolvimento de todos os agentes e atores do cante, grupos corais, autarquias, instituições e pessoas singulares para prosseguir a dinâmica criada na altura desta Candidatura, unidos em torno de um mesmo objetivo que é a salvaguarda do cante alentejano e insta o executivo PS a tomar medidas imediatas que valorizem este nosso património mundial.”


Comente esta notícia