Cuba

No total, foram 22 os apoios concedidos, de 750 euros cada, num valor global que atinge os 16.500 euros.

Para a autarquia “esta medida configura um reforço do apoio financeiro aos alunos e famílias, contribuindo assim para combater o abandono escolar, melhorar a qualificação dos jovens e compensar os encargos acrescidos com a frequência no ensino superior”.

O município recorda que para além da matrícula num estabelecimento de ensino superior oficialmente reconhecido, o regulamento para a concessão destes apoios estipula também que os candidatos devem residir no concelho de Cuba há, pelo menos, dois anos, não devem possuir habilitações literárias de nível superior e devem ter obtido aproveitamento escolar no ano lectivo anterior ao da candidatura à bolsa de estudo, salvo interrupção dos estudos por motivos de força maior ou mudança de curso, devidamente justificada e por uma única vez.





Comente esta notícia