cimbal deloitte

Nesse sentido, a CIMBAL decidiu envolver a sua Rede Intermunicipal de Gabinetes de Apoio ao Desenvolvimento dos treze municípios do Baixo Alentejo, o NERBE/ AEBAL-Associação Empresarial do Baixo Alentejo, a ACOS-Associação de Criadores de Ovinos do Sul e o Instituto Politécnico de Beja neste projecto.

Na semana passada realizou-se a primeira sessão de esclarecimento on-line que constou na partilha de conteúdos especializados sobre as implicações fiscais, legais e os apoios estatais existentes.

Segundo a CIMBAL, a economia do Baixo Alentejo é constituída por um conjunto de micro/pequenas empresas, muitas delas de cariz familiar e “este foi um primeiro passo para ajudar a ultrapassar esta situação complicada”.  É ainda considerado que “embora o momento seja o do combate à epidemia, importa desde já assegurar o futuro próximo das nossas empresas”.


Comente esta notícia