SIMBOLO DA DORBE DO PCP

Afirmações feitas pelo Grupo Parlamentar do PCP na sequência de resposta a uma pergunta efectuada pelos comunistas em que o Governo informa que "o ICNF  [Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas] não tem trabalhos programados no biénio 2013/2014 para rever o plano de ordenamento em vigor".

No documento enviado à nossa redacção, o PCP reitera que entende que o Plano de Ordenamento do PNSACV assenta numa perspectiva antissocial e anticientífica que opõe os hábitos, práticas e actividades tradicionais e autóctones à conservação da natureza, estabelecendo um conjunto vastíssimo de restrições, imposições e proibições para os usos comuns e tradicionais do espaço e dos recursos por parte das populações locais.

O PCP recorda ainda, que em cumprimento dos compromissos assumidos com as populações residentes no PNSACV, apresentou na Assembleia da República, logo após as eleições de 2011, o Projeto de Resolução n.º 92/XII, recomendando ao Governo que procedesse, com carácter de urgência, à revisão do Plano de Ordenamento do PNSACV e que honra a palavra dada e, ao contrário de outros, não assume compromissos durante a campanha eleitoral para depois, após as eleições, os meterem na gaveta. 


Comente esta notícia