Este exercício, de periodicidade anual, decorre até ao final deste mês e engloba-se no âmbito do programa de exercícios de Aeronaves de Transporte Aéreo Tático da Agência Europeia de Defesa.

Este exercício envolve a participação da Força Aérea Portuguesa e do Exército Português e ainda outras armas, da Bélgica, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Lituânia, Holanda, Roménia, Suécia e Reino Unido, tendo outros países envolvidos como observadores.


Comente esta notícia