natal barrancos

A fogueira gigante aquece o Natal para festejar o nascimento de Jesus, em plena Praça da Liberdade e todos juntos, novos e velhos, residentes e naturais, que estão fora mas que aproveitam estes dias para regressar à terra que os viu nascer, partilham momentos de reencontro, convívio e confraternização. Os mais velhos acedem o lume e mantêm-se na rua, junto à fogueira, até à Missa do Galo. Os mais novos fazem a festa na rua até de madrugada.

Para além do acender o lume, um momento de grande tradição na vila raiana, esta noite de consoada é animada, também, com cante alentejano, “sons” da vizinha Espanha e das tradicionais zambombas.

A lenha para fazer a fogueira gigante e manter o lume aceso, durante dias, começou a ser recolhida a partir do dia 8 deste mês e os últimos troncos chegam à Praça da Liberdade na manhã de hoje.


Comente esta notícia

Boa noite. Vivo em Almada, mas sou ai vizinha. Sou da Amareleja. Ai sim é Natal, convive-se, dá-se valor ás pessoas, confraterniza-se, como eu gostava de passar o natal no ALENTEJO, mas como não posso envio um grande abraço e votos de boas festas para os meus vizinhos Barranquenhos.

Antónia Caeiro da Silva Mota

25/12/2019