Freguesia Almodôvar

Naquele documento recorda que foi eleito para o cargo no âmbito de "um entendimento de governação efetuado entre o PS e o PSD em 2013, um acordo particular, por dois anos, que não passou disso mesmo, porque em tempo algum foi validado pelos órgãos distritais e nacionais do partido social democrata".

Fernando Palma prossegue dizendo que em 17 de outubro de 2015, o PSD de Almodôvar, em sede de assembleia de secção, ratificou, por unanimidade, a revogação unilateral do designado acordo, decisão comunicada a todos os eleitos do partido e aos diversos órgãos distritais e nacionais. Posto isto, Fernando Palma frisa que sendo coerente, e respeitando a deliberação do seu partido, baseada em fundamentos nos quais participou, em 30 de outubro de 2015, que apresentou ao presidente da Junta a sua demissão do cargo, para voltar a ocupar o lugar de vogal da assembleia de freguesia. Acrescentou esperar que todos os seus "colegas de partido em igualdade de circunstâncias tenham a dignidade de seguir o mesmo caminho".


Comente esta notícia