Grupo Coral Mineiros de Aljustrel (foto de e-cultura - Sapo)

O Festicante 2018 apresenta um programa repleto de espetáculos musicais, exposições, mostras de produtos e gastronomia daquilo que melhor se faz tanto em Espanha, como no Alentejo.

“Promover o diálogo intercultural e deixar entrar um pouco do mundo em Aljustrel”, ao longo destes três dias, são os objetivos do Festicante. De acordo com Nelson Brito, presidente da Câmara Municipal, a presença de Espanha está representada nas mais diversas atividades, o que permite “ao povo de Aljustrel” apreciar, ver e conhecer novas culturas.

Nelson Brito revela que o facto de existir um grande número de pessoas oriundas de Espanha, em Aljustrel, pelas mais diversas razões que enumera, é um facto importante para o município aljustrelense, enquanto organizador do evento.

A tarde de hoje será preenchida com uma prova de presunto, pão e vinho e um workshop de culinária espanhola. À “Mesa” deste evento sentar-se-á o grupo de música tradicional alentejana “Maravilhas do Alentejo” e os amantes de folclore poderão participar num workshop do Grupo Etnográfico de Danças e Cantares “Planície Alentejana”.

Ao fim da tarde, o palco pertencerá aos músicos Manuel Kino e Paulo Colaço, que apresentarão um espetáculo de flamenco e cante alentejano, ao que se seguirá a atuação do Coro Minero de Túron, das Astúrias e do Grupo Coral dos Mineiros de Aljustrel.

A noite será preenchida com o concerto de Paulo Gonzo e com a atuação do grupo Sonido Andaluz.


Comente esta notícia

Galeria de fotos