ipbeja

Na atual fase de desconfinamento, as instituições de Ensino Superior têm autonomia para definir de que forma vão reabrir. Em declarações à Voz da Planície, João Paulo Trindade explica que no IPBeja continuará a ser privilegiado o ensino à distância até ao fim do atual semestre.

Contudo, o presidente do IPBeja esclarece que já a partir de 18 de maio, “as disciplinas que sejam identificadas pelos respetivos cursos como tendo uma necessidade imprescindível da realização de algumas aulas presenciais”, podem acontecer, de forma a assegurar que os alunos concluam o ano dentro do calendário escolar previsto.

No caso das aulas presenciais, João Paulo Trindade revela que serão todas calendarizadas e será sempre salvaguardada a questão da segurança e da saúde, sendo que todas as regras difundidas pela DGS serão aplicadas.

Quanto aos estágios, João Paulo Trindade admite ser uma “situação complicada de gerir, nestas circunstâncias” e explica que alguns poderão ser feitos presencialmente, caso as entidades de acolhimento concordem e outros serão feitos à distância. Existe ainda a possibilidade de alguns estágios serem substituídos por outro tipo de trabalhos.

O presidente do IPBeja a revelar o panorama geral daquele que é o plano do IPBeja para o final do semestre, assumindo sempre que as condições vão evoluir favoravelmente.

João Paulo Trindade esclarece que a instituição fará avaliações regulares e, caso se verifique qualquer alteração, o IPBeja procederá à modificação do que está atualmente planeado. 


Comente esta notícia