Assembleia Republica

Algumas forças políticas já avançaram com os seus nomes, durante este mês de junho, e a primeira foi a CDU - Coligação Democrática Unitária que decidiu apostar em João Ramos, atual deputado à Assembleia da República.

O BE - Bloco de Esquerda também já se decidiu e escolheu a sua deputada, eleita pelo círculo de Setúbal, Mariana Aiveca, para encabeçar a lista de Beja.

O LIVRE/Força para Avançar indicou Ana Matos Pires, que desempenha as funções de diretora do Serviço de Internamento do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Hospital da capital de distrito, para liderar a lista de Beja.

As lideranças no Partido Socialista (PS) e na coligação Partido Social-Democrata (PSD) e CDS-PP ainda não estão definidas.

O PS iniciou no final da passada semana, o período de auscultação e discussão do qual resultará a escolha dos seis nomes para a lista de Beja, mas está a braços com a possibilidade da mesma vir a ser encabeçada por um nome nacional, João Galamba, que poderá ser indicado pelo secretário-geral, através da quota estatutária que lhe confere esse poder. Esta não é contudo, a vontade dos socialistas que querem constituir uma lista com rostos do Baixo Alentejo.

O PSD e o CDS/PP fizeram a primeira reunião conjunta preparatória das eleições legislativas 2015, no passado mês de maio, anunciaram que o social-democrata João Araújo é o diretor de campanha e que António Carneiro, do CDS, é o subdiretor. Quanto à apresentação da lista, deixaram claro que seria efetuada até ao final de julho.

Recorde-se que nas legislativas de 2011, os três deputados que o círculo de Beja elege, ficaram distribuídos pela CDU, PS e PSD.


Comente esta notícia