Livros não Escolares

A proposta foi apresentada pelo PCP e aceite pelo Governo no âmbito das negociações para o Orçamento do Estado para 2019.

Segundo o líder parlamentar comunista, João Oliveira, ainda está por “operacionalizar a forma como a medida vai ser implementada no terreno”.

Até agora, os livros gratuitos abrangiam os 1.º e 2.º ciclos, ou seja, o ensino básico, a partir do próximo ano lectivo vão chegar a todos os anos do ensino secundário.




Comente esta notícia