Mesa de Beja

As 49 mesas pré-finalistas foram distribuídas por 7 Galas eliminatórias, através de um sorteio. Cada uma das mesas tem um número associado, que vai manter até ao final da votação. As Mesas vão sendo eliminadas nas Galas, a emitir todos os domingos, sendo, apenas, duas as candidatas apuradas para a fase final da iniciativa.

É já no dia 12 de agosto que a “Mesa de Beja” vai participar na gala semanal, em Alijó, momento em que poderá ser escolhida para a grande final do concurso, que vai decorrer no dia 16 de setembro, em Albufeira, em que os vencedores serão os mais votados, obtendo-se um roteiro eno-gastronómico único, de expressão nacional.

Até ao dia 12 de agosto pode votar na Mesa de Beja, através do número, 760 10 70 25.

O roadshow de 2018 das “7 Maravilhas à Mesa” começou em Monsaraz a 22 de julho, Batalha a 29 de julho, Viseu a 5 de agosto, 12 de agosto em Alijó, 19 de agosto em Odemira, a 26 de agosto em Tomar e 2 de setembro em Lagoa.

Recorde-se que o grande objetivo das 7 Maravilhas à Mesa® é promover as regiões e o mundo rural, através da gastronomia e dos vinhos, fomentando o turismo e as experiências no território. Um país tão pequeno, mas tão rico na sua diversidade de pratos de norte a sul do país e ilhas e no desafio da sua harmonização com os vinhos produzidos localmente e a oferta turística adjacente.

"A Mesa Cidade de Beja enaltece a capacidade criativa da gastronomia alentejana. Começa no petisco de borrego, passa por uma discreta mas saborosa açorda de alho e termina com a carne de porco alentejano, criado nos campos de montado onde ainda podem ser alimentados a bolota e outros produtos que a natureza dá. Dever-se-á combiná-la com migas de poejos, onde o pão e o azeite se misturam para criar uma textura estaladiça na qual o aroma do poejo se evidencia.

Os vinhos Paço do Conde reserva branco e o Mingorra Colheita Tinto são bons companheiros de viagem, que entram na cidade para dar mais vida aos aromas desta mesa. Na taberna escuta-se o cante, a melodia desta terra. Ouvem-se histórias de vida, de amores e lugares como o Castelo de Beja que encima a cidade e que desde os seus 40 metros de alturas eleva a vista para a planura. A partir da sua torre conseguimos intuir aquilo de que Beja é feita: cidade e planície, espelhados nesta mesa".


Comente esta notícia