Miguel Araújo
O Beja na Rua apostou na afirmação das indústrias criativas e na união de universos e estéticas artísticas diferentes, potenciando projetos de fusão. O objetivo principal nesta 2ª edição visou transformar o centro histórico numa "enorme sala de espetáculos e manifestações artísticas ao ar livre, palco de auditórios e galerias improvisadas".

Espetáculos musicais, animações de rua, intervenções de arte urbana, exposições, performances de dança e poesia, "workshops", foram um constante, durante as quatro semanas em que decorreu o Festival e em que se reuniram, em Beja, num espaço comum, artistas locais, nacionais e internacionais.

O festival começou no dia 15 de junho com a atuação do cantor brasileiro Ney Matogrosso e, subiram ao palco, nomes como, Kusturica & No Smoking Orchestra, o coro Bulgarian Voices Angelite, António Zambujo, Seu Jorge entre outros artistas de renome.

Hoje, último dia do festival, às 22.00 horas, a Praça da República de Beja recebe o grande concerto de Miguel Araújo, cantor, músico e compositor, que dá voz ao grupo "Os Azeitonas", artista que já conta com a atribuição de vários prémios, tais como, o Globo de Ouro de 2015, na categoria de "melhor canção do ano", atribuído a António Zambujo, pela interpretação de "Pica do Sete", com letra e música de autoria do próprio Miguel Araújo.


Comente esta notícia