Projeto Moura

“Pensar o Intangível” é o nome daquele projeto que tem a duração de “4 anos e que conta com a colaboração da comunidade local para o seu enriquecimento. Pretende-se, assim, que aqueles que sejam detentores de fotografias antigas as possam disponibilizar para digitalização, em qualquer núcleo museológico de Moura, de terça-feira a domingo, ou nas respetivas Juntas de Freguesia.”

“São objetivos do projeto a preservação do património intangível - expresso entre outros, nas tradições, no saber fazer, na linguagem, nas técnicas - , como a sua divulgação e comunicação”, diz, também, a Câmara, frisando que “no primeiro eixo temático foi realizado trabalho de recolha em torno das festividades tradicionais que permitiu a sistematização de informações que constaram na exposição «Criar memórias», exposição itinerante que, em 2019, percorreu” o território.

Termina agora o segundo eixo temático dedicado às artes e ofícios tradicionais, assegura, igualmente, a Câmara de Moura. No âmbito deste tema, “foi desenvolvido trabalho de campo que envolveu a recolha de testemunhos em registo fotográfico e vídeo, compilação de fotografias antigas e instrumentos de trabalho. O resultado desta pesquisa, realizada em todo o concelho, irá agora dar origem a uma exposição que se encontra em preparação.”


Comente esta notícia