CARTAZ OVIBEJA 2014

Os projectos apresentados em "Terra Fértil" relacionam-se com a reconversão agrícola operada por via do regadio de Alqueva, mas não só, revela, em nota de imprensa, a entidade responsável pela organização, ou seja a ACOS - Agricultores do Sul.

Com recurso a meios audiovisuais e multimédia, o espaço expositivo, integrado no Pavilhão Sabor Alentejo, está a ser concebido com uma forte componente de design gráfico e de ambientes, cruzando elementos gráficos com elementos do campo e da natureza que transportem o visitante ao contexto em que as inovações decorrem. Transversais a todo a feira, a inovação agrícola e os agronegócios vão criar pontos de contacto em diferentes espaços, de entre os quais se destaca a Alameda principal e o Campo da Feira, uma zona de demonstração do que de melhor se faz a nível produtivo, de investigação e de equipamentos agrícolas.

O projecto "Terra Fértil" está a ser concebido e revela-se ao público da Ovibeja com o apoio de vários parceiros, de entre os quais se realçam o Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo, o Instituto Politécnico de Beja e o Centro Operativo e Tecnologia de Regadio. 


Comente esta notícia