António Costa

A medida vai estar em vigor, pelo menos, até 9 de Abril, altura em que será reavaliada, afirmou António Costa numa declaração ao país.

António Costa também anunciou o encerramento de todas as discotecas e espaços similares e a proibição de desembarque de navios de cruzeiro. Estes navios poderão atracar para reabastecer, mas apenas passageiros ou tripulantes portugueses poderão desembarcar.

O Governo decidiu também reduzir em um terço a lotação máxima dos restaurantes, determinar limitação da frequência de centros comerciais e dos serviços públicos para não haver excesso de pessoas dentro do mesmo espaço.

Os idosos são população particularmente vulnerável, por isso, é estendida a todo o País a limitação de visitas a lares de terceira idade.

Outras medidas passam por reforçar capacidade do Serviço Nacional de Saúde para responder à situação de crise provocada pelo coronavírus, assegurar protecção do emprego e a viabilidade de empresas atingidas.

António Costa garantiu ainda que o Governo vai preparar legislação para “garantir o rendimento das famílias, em particular das que por motivo de doença própria ou familiar, ou do encerramento de escolas, têm necessidade de acompanhar os seus familiares e em particular crianças com menos de 12 anos”. O 1º Ministro afirmou ainda que “Esta é uma batalha de todos. Não há partido do vírus e partido do anti-vírus. Esta é uma luta pela nossa própria sobrevivência e pela saúde dos portugueses”.



Comente esta notícia