Alice Guerreiro

"Maria Alice Guerrreiro nasceu a 03/12/1948, sendo natural do Concelho de Aljustrel. Aderiu ao PCP após a revolução de Abril de 1974. Mulher de Abril, desempenhou um papel importante enquanto dirigente e funcionária do PCP, nas Organizações Regionais do Litoral Alentejano e de Beja, integrando a DORBE e o seu Executivo, organismos nos quais assumiu tarefas de responsabilidade directamente nos Concelhos de Alvito, Castro Verde e Cuba, tendo também tarefas no concelho de Beja.

Foi eleita como Vereadora na Câmara Municipal de Castro Verde no mandato de 1993 a 1997, pela Coligação Democrática Unitária. Desempenhou ainda um papel de destaque na dinamização do Movimento Associativo, realçando-se a sua participação na Capricho Bejense e nos Bombeiros Voluntários de Beja, pelos quais ainda fazia parte dos seus corpos Sociais, estando também fortemente ligada à criação e dinamização do grupo coral infantil “Rouxínois do Alentejo”. Era ainda membro da União de Resistentes Anti-Fascistas (URAP).

Maria Alice Guerreiro deixou-nos pela força e pela lei da vida, mas jamais desaparecerá o seu exemplo e o contributo que deu para a transformação da sociedade, pelo fim da exploração do homem pelo homem, pela construção de uma sociedade mais justa e fraterna, pelo socialismo e pelo comunismo. Esse exemplo de força, resistência e confiança permanecerá entre o colectivo partidário, para a luta que continua, sendo essa a maior e melhor homenagem que lhe poderemos fazer. A Comissão Concelhia de Beja do PCP endereça aos seus familiares sentidas e profundas condolências."

A Voz da Planície também deixa os seus sentimentos à família enlutada.

O corpo de Maria Alice Sousa Guerreiro encontra-se na casa mortuária de Beja no dia de hoje, saindo amanhã, pelas 13.00 horas, para o crematório da Quinta do Conde, onde ocorrerá, pelas 15.00 horas, a cremação do seu corpo.


Comente esta notícia