O parlamentar explicou que o atual traçado do IP8 em direção a Beja apresenta problemas graves e que já interveio no sentido da sua resolução, assim como na injustiça decorrente de ter sido alterada a delimitação do território da freguesia, com acrescento de um quilómetro quadrado, sem que tivessem sido atualizados os correspondentes montantes previstos no Orçamento de Estado. O deputado diz ter constatou ainda, o trabalho de proximidade do Executivo da freguesia de Beringel, com soluções orientadas para as necessidades das pessoas.

Pedro do Carmo questionou, igualmente, o Governo sobre a inaceitável prospeção de petróleo na Costa Alentejana, inevitabilidade, acompanhamento e compensações para o desenvolvimento local e regional e esclareceu o enfoque das suas preocupações.


Comente esta notícia