João Ferreira

Na entrevista realizada, João Ferreira recordou que a sua candidatura é para dar “Coragem, confiança” e “um horizonte de esperança” aos portugueses, assim como convencer as pessoas da “importância destas eleições, contribuindo para uma escolha informada e mobilizando para o voto nesta candidatura distintiva”. O candidato avançou que a sua candidatura “é indispensável no contexto que se está a viver” e esclareceu porquê.

“Realinhar o curso da vida nacional com o caminho que a constituição aponta” é o grande objetivo desta candidatura, realçou. João Ferreira frisou, igualmente, que a “valorização do trabalho, dos trabalhadores e da saúde” são apenas alguns dos caminhos apontados pela Constituição, que garante, no caso de ser eleito, fazer cumprir:

Estes são excertos da entrevista feita, nos estúdios da Voz da Planície, ao candidato à presidência da República João Ferreira e que pode ouvir hoje, na íntegra, nos jornais alargados das 12.00 e das 17.00 horas, através da nossa frequência, 104.5 FM, e na nossa emissão on-line em www.vozdaplanicie.pt.

Amanhã, os ouvintes da Voz da Planície podem acompanhar, também nos jornais alargados das 12.00 e das 17.00 horas, a entrevista que o candidato Tiago Mayan deu à nossa estação e que foi feita nos nossos estúdios.

De referir, ainda, que a Voz da Planície tem capacidade nos seus estúdios para cumprir as regras de segurança estipuladas para este tipo de realização e que nas entrevistas realizadas foram cumpridos os dois metros de distância, estando apenas no momento da conversa o jornalista e o candidato entrevistado.


Comente esta notícia