Federação PS Baixo Alentejo

O PS conquistou mais votos, mais mandatos, mais câmaras e mais freguesias, afirma a nota de imprensa da Federação do Baixo Alentejo, saudando o reforço da confiança nas lideranças socialistas, nos municípios de Aljustrel, de Almodôvar, de Ferreira do Alentejo, de Mértola, de Odemira e de Ourique. As declarações são de Pedro do Carmo, presidente da Federação do Baixo Alentejo, que realça a vitória histórica do PS no distrito de Beja.

Saúda também, o PS, a atribuição de novas responsabilidades de gestão aos eleitos socialistas em Barrancos, em Beja, em Castro Verde e em Moura, assim como os combates políticos travados em Alvito, Cuba, Serpa e Vidigueira e ainda, os três mandatos na liderança do Município de Ferreira do Alentejo, de Aníbal Costa.

O documento do PS prossegue referindo que "como sempre aconteceu, desde 2015, se tem a noção dos constrangimentos e das disponibilidades financeiras do país, dos passivos de inação acumulados ao longo dos anos da governação PSD/CDS e de abandonos sucessivos ao longo dos anos, que importa começar a inverter como já acontece com algumas questões relevantes para a vida individual ou comunitária. Infelizmente o atual quadro comunitário de apoios é o que foi herdado da direita, não permitindo ainda encontrar mais soluções para a região."

Na nota de imprensa é referido, igualmente, que "com humildade democrática, determinação e sentido de construção de soluções realistas e sustentáveis para o futuro" se continuará "a dar voz ao Baixo Alentejo, a trabalhar em soluções de compromisso e a dar esperança a um futuro" para o "mundo Rural".


Comente esta notícia