PAYT

“Com este sistema, os cidadãos pagam apenas os resíduos efetivamente produzidos”, explica a RESIALENTEJO, acrescentado que o objetivo deste projeto-piloto é “beneficiar os cidadãos que separam corretamente os resíduos”.

“Para além de visar o aumento da deposição correta deste tipo de resíduos com vista à sua reciclagem, este sistema é mais justo para o cidadão, que pode ver deste modo o seu esforço recompensado. Quanto mais reciclar, menos vai pagar pelo seu lixo”, realça a empresa intermunicipal.

Com o sistema PAYT que a RESIALENTEJO está a implementar, pretende criar-se um sistema mais justo. Assim, os cidadãos apenas irão pagar os sacos destinados aos resíduos indiferenciados. Os sacos destinados aos resíduos recicláveis são gratuitos, por isso quanto mais separar, menos irá pagar.

Os municípios associados irão divulgar junto dos moradores o calendário de recolha para, que no horário indicado, possam colocar os sacos no exterior.


Foto: Município de Ourique


Comente esta notícia