rouxinois

“Ciclo do Vinho de Talha” faz parte do espectáculo que o grupo, sediado no Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial em Beja, apresenta recriando as fases do ciclo de produção artesanal de vinho de talha, uma prática de vinificação que foi criada pelos romanos há mais de 2000 anos e é típica do Alentejo.

Este trabalho discográfico, apoiado pelo projecto Beja Criativa (Valorização e Promoção do Cante Alentejano co-financiadas pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e União Europeia) para além das vozes dos Rouxinóis, conta com a direcção musical do maestro Jaime Branco e um Ensemble Instrumental, formado por professores de música do Conservatório Regional do Baixo Alentejo, aos quais se juntam o acordeonista António Caço, a fadista Joana Santos e os “padrinhos” dos Rouxinóis, os Cantadores do Desassossego.

No espectáculo que agora vai ser apresentado, a preparação das vozes dos Rouxinóis do Alentejo fica a cargo da maestrina Vera Saldanha, do CRBA. Em palco, com a direcção artística de Joaquim Mariano, os Rouxinóis cantam várias modas do cante alentejano e interagem com mais de três centenas de objectos reais e réplicas que foram cuidadosamente construídos para esse efeito.
 



Comente esta notícia