rouxinóis

Em palco, os Rouxinóis do Alentejo vão estar acompanhados pelos músicos e cantadores António Caixeiro, Duarte Farias, Francisco Fanhais, Joana Santos, Jorge São Pedro, José Diogo Bento, Paulo Colaço, Paulo Ribeiro e Pedro Mestre e pelos grupos corais Os Camponeses de Vale de Vargo, Estrelas do Alentejo, de Santa Vitória, e Cantadores do Desassossego, de Beja.

O espectáculo, organizado pelo município de Beja, Centro UNESCO para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial e pela Associação Rouxinóis do Alentejo, homenageia o cante alentejano, o vinho de talha e o Alentejo é dedicado ao ciclo do vinho de talha, um “património milenar” que a Câmara de Vidigueira, em parceria com várias instituições, quer candidatar a Património Cultural Imaterial da Humanidade. Durante o espectáculo vão ser recriadas as fases do ciclo de produção artesanal de vinho de talha, uma prática de vinificação que foi criada pelos romanos há mais de 2.000 anos e é típica do Alentejo.

O Grupo Juvenil Coral e Etnográfico Rouxinóis do Alentejo é formado por cerca de 30 crianças de escolas dos 1.º e 2.º ciclos do ensino básico, que ensaiam ao longo do ano lectivo, uma vez por semana, com os professores Joaquim Mariano e José Diogo, no Centro UNESCO de Beja.

O grupo "nasceu" no ano 2000, apresentou vários espectáculos até 2008, depois fez um interregno e regressou há cerca de dois anos, com o apoio do grupo Cantadores do Desassossego.

O espectáculo desta noite, celebra quatro anos de cante alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade.



Comente esta notícia

Galeria de fotos