CGTP

A semana de "Ação e Luta em todos os sectores" tem como lema: "Proteger os trabalhadores! Aumentar salários! Garantir direitos!" e como sub-lema "Em luta pelo emprego com direitos, contratação coletiva, 35 horas, reforço dos serviços públicos".

A CGTP considera que o OE2021 não responde às propostas apresentadas, no sentido de “promover uma mudança de rumo que garanta as necessidades dos trabalhadores e do país". E acrescenta que neste contexto de pandemia é preciso lembrar a “dotação do Serviço Nacional de Saúde dos meios materiais e humanos necessários”.O aumento dos salários em 90 euros para todos os trabalhadores, o aumento das pensões, a fixação do salário mínimo nacional nos 850 euros a curto prazo, o combate à precariedade, a valorização das carreiras e profissões, a exigência do cumprimento e da reposição de direitos, a revogação das normas gravosas da legislação laboral, a reposição da idade legal de reforma nos 65 anos, são as principais reivindicações da CGTP são as outras reivindicações que esta organização sindical quer ver satisfeitas.

Para esta terça-feira, dia 8, a USDBeja e vários sindicatos realizam no distrito ações no âmbito desta semana de luta da CGTP.

Hoje, o SINTTAV - Sindicato Nacional dos Trabalhadores Telecomunicações e Audiovisual promove uma greve, inserida na que se realiza a nível nacional, no Call center da Altice e TAP, em Beja.


Comente esta notícia