serpa autarquia

Em nota de imprensa, a Câmara de Serpa assegura que “o ano letivo foi planeado em conjunto pela autarquia, pelos dois agrupamentos de escola do concelho e pela Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Serpa. Foram realizados Conselhos Gerais dos agrupamentos de escola e o Conselho Municipal de Educação. De todas as reuniões saíram preocupações no âmbito da pandemia provocada pela Covid 19.”

Neste contexto, a Câmara de Serpa recorda que tem vindo a tomar medidas “para que a prevenção seja a nota dominante”, mas adverte para o facto, da “não colocação de mais pessoal auxiliar nas escolas, por parte do Ministério da Educação” estar “a criar constrangimentos, até porque a limpeza e desinfeção são, mais do que nunca, fundamentais nas escolas.” Nesta matéria, revela, está a fazer “um esforço para colocação de mais trabalhadores nas escolas. Além dos auxiliares contratualizados através de protocolo com o Ministério, que anualmente são 14 (um por sala), a autarquia contratualizou este ano mais 16 trabalhadores, totalmente suportados pelo orçamento da Câmara”.

Os transportes escolares são outra das preocupações manifestadas, visto que, refere a Câmara de Serpa, “estão a ser afetados neste início de ano letivo”. Informa, igualmente, que “na preparação do ano, e sempre em acordo com os agrupamentos e Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Serpa, foi elaborado um Plano de Transportes, que neste momento viu adicionados pela autarquia mais três circuitos especiais para transporte de alunos (neste momento são 19). Ainda neste âmbito, “a autarquia já solicitou à Rodoviária Nacional que efetuasse o desdobramento de carreiras, suportado pela Câmara Municipal, para que sejam cumpridas as regras definidas pela Direção Geral de Saúde no que toca à sua lotação (só podem ser ocupados dois terços dos lugares).”

No final, o comunicado frisa que “a Câmara Municipal de Serpa está em permanente diálogo com as escolas, pais, professores e trabalhadores, reforçando os meios e resolvendo os problemas que estão a ser reportados, muitas vezes além das suas responsabilidades, mas sempre tentando minimizar as dificuldades vividas pela comunidade escolar.”


Comente esta notícia