Galeria Serpa

A exposição integra, entre outras técnicas, obras de pintura, serigrafia e escultura, da autoria de Vieira da Silva, Júlio Pomar, Cruzeiro Seixas, Graça Morais, Guilherme Parente, Chichorro, Rico Sequeira, José Bizarro, António Inverno, entre muitos outros artistas portugueses e estrangeiros.

“Artistas contemporâneos naturais ou residentes no concelho de Serpa enriquecem esta apresentação, entre os quais Manuel Bentes, Francisco Relógio, Margarida de Araújo, Leandro Sidoncha, Silvestre Raposo, Bento Sargento, António Réu, para citar apenas alguns, e Luís Afonso, que desenhou um cartoon especificamente para esta Galeria”, refere a nota de imprensa da autarquia.

Dada a dimensão do acervo, e as suas características, a par desta Galeria, funcionam, em paralelo, dois locais de apresentação complementares: no hall principal dos Paços do Concelho (Praça da República) – e um circuito urbano, dedicado à escultura pública, sendo grande parte dessas as peças vencedoras do Prémio Ibérico de Escultura que o município promove desde 2007 e onde se podem admirar trabalhos de Fuentes Navarro, Thierry Ferreira, Veredas Lopes, Augusto Arana, assim como o “imponente” monumento ao Cante Alentejano, da autoria de Giga Coelho, entre um variado conjunto que é também um pretexto para uma visita à cidade.

Nota: escultura do escultor Leandro Sidoncha


Comente esta notícia

Galeria de fotos