pc somincor

Os 40 equipamentos novos são, segundo a Somincor, um contributo para o caminho de capacitação das comunidades, que a empresa assume como um dos principais objectivos de responsabilidade social.

Considera ainda a Somincor que “permitir que os jovens tenham acesso a tecnologias de informação modernas desde cedo, no âmbito lúdico mas sobretudo no que diz respeito à sua formação curricular, é fundamental para a sua preparação para quando encararem o mercado de trabalho”.

A Somincor afirma que detectou que, naquelas instituições, existiam programas de desenvolvimento de competências nestas áreas que estavam condicionados pela falta de equipamentos adequados, e que este é o tipo de investimento a que dá prioridade.



Comente esta notícia

Prezada Radio Voz da Planície, Neves-Corvo é uma mina de cobre e zinco propriedade da empresa Portuguesa SOMINCOR, que é uma subsidiária directa da LUNDIN MINING, uma empresa canadiana de mineração de metais básicos. Portugal está a recuperar da difícil recessão que levou o pais a ser incapaz de pagar ou refinanciar a sua divida publica sem ajuda de terceiros. Para evitar uma crise de insolência, Portugal solicitou programas de resgate. No entanto, precisamos de bons investidores, que respeitem pelo menos as leis laborais Portuguesas e principalmente os Direitos Humanos. A Estrutura executiva da somincor está aplicando medidas indiscriminadamente duras,focando apenas trabalhadores portugueses seleccionados, que implicam: -Tortura psicológica; -Isolamento Compulsivo; -Tácitas de guerra para remover apenas trabalhadores portugueses Os 40 computadores oferecidos a instituições de Castro Verde e Mértola tem o intuito de pressionar a instituições oficiais a desculpar as acções praticadas pela somincor, já condenadas no Parlamento Português por alguns Grupos Parlamentares.

Joao Mestre

31/08/2018

Galeria de fotos