2018 FATOR

Artesanato, pintura, escultura, produtos locais, tasquinhas, música, animação de rua e animação infantil são os principais destaques desta 12ª edição.

Bento Godinho, presidente da Junta de Freguesia de Vila Verde de Ficalho. entidade promotora do evento, afirma que o “bem receber” do povo de Ficalho é um dos motivos para o sucesso deste evento.

Ainda segundo, Bento Godinho esta é uma grande festa da raia, são muitos os espanhóis que fazem questão de marcar presença e asseguradas estão representações de Rosal de la Frontera, Cortegana e Paymogo.

A sessão de abertura está marcada para as 20.00 horas, com a inauguração da exposição de pintura e escultura, segue-se a apresentação do livro “Quatro Cantos e Outros Tantos” de Joaquim Caeiro e uma arruada com “Os chocalheiros”. A partir das 22.00 horas, há cavaquinhos com o grupo “Raízes do Alentejo”, sevilhanas com o grupo infantil “Algarabia”, seguem-se as actuações do Grupo Coral Feminino “Flores do Chança” e “Os Arraianos”. Às 23.00 horas, actua Pedro Mestre&viola campaniça pela noite dentro a proposta é o Dj Daw.





Comente esta notícia