CIMBAL

António Tereno, porta-voz da CIMBAL, identificou os diversos temas discutidos naquela reunião.

António Tereno explicou também, que a questão das acessibilidades voltou a estar em cima da mesa e que, tal como foi defendido na reunião da ANMP, em Aveiro, se reafirmou a necessidade de integração das mesmas no PACTO 2020, assim como o reforço de dotação para os pactos, para que "não fiquem projetos na gaveta".

Nesta reunião ficou definida ainda, a estratégia que a CIMBAL vai utilizar na elaboração das Grandes Opções do Plano, Orçamento e Mapa de Pessoal para 2017 e António Tereno revelou a mesma à Voz da Planície.


Comente esta notícia