Centro de Arqueologia

No documento enviado à nossa redação, a Câmara de Beja refere que "o valor científico daquelas construções do fórum, a praça principal, da cidade de Pax Iulia e o estado de conservação em que se mantêm ultrapassa largamente aquilo que era expectável, constituindo uma verdadeira e boa surpresa quer para especialistas em arqueologia quer para profissionais do património, tanto à escala nacional como internacional". Achados, que segundo o vereador da Câmara de Beja, Manuel Oliveira vão ter uma importância determinante na compreensão do passado histórico da cidade.

É revelado, igualmente, que ficou visível "um exclusivo conjunto patrimonial (três templos, um tanque) que demonstra bem a grande importância da cidade na época romana" e que acresce "ao batistério paleo-cristão, à casa de moeda e às casas islâmicas" que já estavam a descoberto. Tudo isto proporciona um elevado potencial para atração de fluxos turísticos, sobretudo os relacionados com o turismo cultural, assegura o vereador Manuel Oliveira, garantindo que o centro histórico de Beja está a ser recuperado e valorizado e que vai conhecer uma realidade bem diferente a curto prazo.

Manuel Oliveira acrescentou que há muitas obras no centro histórico que contribuem, igualmente, para a sua valorização e que, em conjunto com o património existente, vão transformar este espaço da cidade.

As escavações no Fórum Beja vão continuar, "de modo a deixar apresentáveis as estruturas arqueológicas e a articulá-las com o edifício que se está a reabilitar", avança ainda, a autarquia bejense.


Comente esta notícia