IPBeja Banner

Subordinado ao tema "Serviço Social e Direitos Sociais no Limiar do Séc. XXI-Desafios para os/as Assistentes Sociais", a iniciativa vai contar com a presença de cerca de três centenas de Assistentes Sociais.

Miguel Bento, membro da Comissão Organizadora do Congresso, afirma que é uma honra a iniciativa decorrer em Beja, e que, a escolha desta cidade, demonstra o reconhecimento do trabalho que o Instituto Politécnico de Beja tem desenvolvido na área do Serviço Social.

Os participantes, entre os quais se encontram alguns estrangeiros, vão debater a profissão e discutir propostas daquilo que deve ser o papel do Serviço Social, outra questão que vai estar em discussão, segundo Miguel Bento, é a criação da Ordem Profissional dos Assistentes Sociais.

Para além de um conjunto de intervenções da responsabilidade de académicos e investigadores nos domínios do Serviço Social e das Políticas Sociais, este Congresso inclui ainda um espaço destinado à participação directa dos profissionais no terreno, através da realização de sete painéis temáticos onde questões como a formação, as questões da ética e deontologia profissional ou a abertura a novas áreas profissionais, vão ser discutidas.

A Declaração de Beja, que vai traduzir o que foi produzido no evento, e apontar as linhas mestras do Serviço Social nos próximos anos em Portugal, é outro destaque do Congresso que conta com organização da APSS-Associação de Profissionais de Serviço Social, IPBeja e da delegação de Beja da EAPN-Rede Europeia Anti-Pobreza.


Comente esta notícia