ARIS DA PLANÍCIE

Neste projeto, a ARIS da Planície conta com as parcerias do Serviço de Psiquiatria da ULSBA, da autarquia bejense e da Santa Casa da Misericórdia de Beja.

A candidatura foi apresentada no final de 2016, no âmbito dos concursos abertos pela Direção Geral de Saúde para programas prioritários, entre eles o da literacia em saúde, luta contra o estigma e prevenção da depressão e do suicídio, esclareceu Ana Matos Pires. A presidente da Direção da ARIS da Planície identificou ainda, o montante atribuído ao projeto ARIS e mostrou-se satisfeita com este resultado, que permite desenvolver trabalho na área da saúde mental.

Ana Matos Pires explicou também, como vai ser operacionalizado o projeto ARIS, que tem a duração de um ano e incidência no concelho de Beja.

O projeto ARIS terá início depois da formalização do contrato de financiamento e vai permitir a recolha de dados epidemiológicos, que em muito poderão contribuir para a aplicação de programas concretos nos problemas identificados, frisou, igualmente, Ana Matos Pires.


Comente esta notícia