operação campo seguro
Através desta Operação, a Guarda Nacional Republicana intensificou, entre os dias 1 e 31 de Julho, o patrulhamento das áreas florestais e das explorações agrícolas em todo o território nacional, com o objectivo de prevenir a criminalidade, os furtos de cortiça e ainda possíveis situações de tráfico de seres humanos.

Este reforço de patrulhamento contempla o empenhamento de diversas valências da GNR, designadamente dos Comandos Territoriais, do Serviço da Protecção da Natureza e Ambiente, da Investigação Criminal e dos Núcleos de Programas Especiais, prevenindo e reprimindo a criminalidade nas explorações agrícolas, transmitindo assim aos agricultores um sentimento de segurança, proximidade e de confiança.

Esta operação contou também com a participação de elementos da ASAE-Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, do SEF-Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e da Guardia Civil.

Comente esta notícia