SETE SÓIS SETE LUZ

Do programa agendado destacamos a exposição de rua "Castro Verde Biosfera: Imagens e Cataventos da Biosfera", que reúne imagens de vários autores e que revelará a diversidade e a riqueza que compõem este território a nível ambiental, patrimonial, cultural e económico. Paralelamente, o Museu da Ruralidade reproduz alguns dos cataventos que figuram no alto das chaminés.

"PaisagensInquietantes", do pintor espanhol Luis Ibañez (Casa Faleiro), "Em Louvor das Mulheres", do pintor cabo-verdiano Mário Barbosa [Zelito] (Junta de Freguesia), "A Visita de Poe", uma intervenção coletiva da autoria de um conjunto de artistas, artesãos e amigos das artes de Castro Verde que ocupará a Toca da Lebre - Galeria Loja 30 ou "1000 anos de Mediterrâneo em Castro Verde", patente ao público no Museu da Lucerna,são outras das propostas a visitar durante os dias do festival.

Destaque no programa deste ano para a animação de rua "Su à Feu", da companhia francesa DEABRU BELTZAK (País Basco, Espanha) que apresenta a sua última criação. Um espetáculo para ver neste sábado, dia 9, a partir das 23.00 horas, junto ao Anfiteatro Municipal de Castro Verde.

A Planície Mediterrânica é a secção de Castro Verde da rede cultural do Festival Sete Sóis Sete Luas, é organizada pela Câmara Municipal de Castro Verde, Associação Sete Sóis Sete Luas e Associação Pedexumbo, em colaboração com várias associações e coletividades do concelho.


Comente esta notícia