torre relógio

A intervenção, que surge depois de resolvidas algumas questões burocráticas e contratuais, inclui acções de conservação de paramentos constituídos por alvenarias antigas, impermeabilização de cobertura, reparação e substituição de vãos existentes, com o objectivo de garantir a salubridade e salvaguarda deste conjunto arquitectónico, no que concerne à sua dignidade e função.

A torre, de arquitectura militar e civil, com elementos góticos e manuelinos, pertence ao sistema defensivo medieval, apesar de se desconhecer a data exacta da sua construção. Antes de 1509 a torre não ostentava ainda o relógio que foi exigência da Câmara em 1514 e que levaria à sua instalação nos anos seguintes, o actual mecanismo do relógio data de 1841.


O projecto de reabilitação da Torre do Relógio, tem um investimento por parte da autarquia de Serpa no valor de cerca de 105 mil euros e um financiamento FEDER no valor de 75 mil euros.



Comente esta notícia