FOTOGRAFIA PULIDO VALENTE

O "Executivo sombra", como lhe chamam os seus criadores, tem como objectivo fazer o acompanhamento do trabalho autárquico em todas as suas dimensões e é composto por pessoas com experiência nas várias áreas de intervenção delineadas, explicou à Voz da Planície Jorge Pulido Valente. Disse também que "sombra" é uma designação comum para explicar o paralelismo das responsabilidades que os seus elementos acompanham.

E tal como num verdadeiro Executivo, existe um coordenador, áreas definidas, responsáveis e apoios. Posto isto é esclarecido, em nota de imprensa, que a coordenação geral do grupo e das suas actividades fica a cargo de Jorge Pulido Valente, que assegura também as áreas do Desenvolvimento Económico e Social, Cooperação Institucional, Serviços Operacionais (obras por empreitada e administração directa, serviços urbanos, zonas verdes, protecção civil), apoiado por, Laura Rodrigues (área do Desenvolvimento Social) e Luís Filipe Palma (área dos Serviços Operacionais).

José Velez é apoiado por José Filipe Guerreiro, que acompanhará a Educação, Cultura, Desporto, Património e Juventude.

As áreas da Mobilidade, Ambiente e Ordenamento, Urbanismo e também a área das Freguesias ficam a cargo de Ana Horta.

Paralelamente, Rui Marreiros fará o acompanhamento da Administração Geral e Financeira, Recursos Humanos, Comunicação, Empresas Municipais e Entidades Participadas. 

Afastando quaisquer preocupações eleitoralistas, Jorge Pulido Valente frisou à nossa estação que a constituição deste grupo de trabalho não é mais do que uma forma organizada e estruturada de desenvolvimento do trabalho autárquico, que visa a apresentação de propostas e de uma oposição construtiva, quando for esse o caso, chamando para colaborar pessoas que fizeram parte das listas do PS e que não foram eleitas.

No âmbito das responsabilidades atribuídas, os vereadores do PS estão disponíveis para atendimento ao público, apresentando para o efeito, um horário de atendimento ao munícipe. Todas as 1ª e 3ª quartas-feiras de cada mês, os vereadores do PS fazem atendimento das 16.30 às 18.00, nos Paços do Concelho, sem necessidade de marcação prévia, assim como em qualquer dia útil, das 09.00 horas às 18.00 horas, mas mediante marcação, demonstrando desta forma, os eleitos socialistas, a disponibilidade, que muitos acusaram de faltar ao anterior Executivo Municipal, liderado por Jorge Pulido valente.


Comente esta notícia

Há algum tempo venho analisando relatos sobrenaturais por todo o mundo e notei que um tipo de aparição tem sido constante em lugares e épocas diferentes. Em algumas religiões ele é conhecido como “homem da capa preta” ou “exu”, sendo que em alguns casos ele é o guadião dos cemitérios e portas para o além. Há relatos de pessoas que o viram em cemitérios durante enterros de entes queridos afirmando que essa criatura aparenta ser de outra dimensão, como um desenho animado ou uma produção cinematográfica de tão surpreendente e assustador. O que seriam estes vultos, estes Homens Sombra? Vultos de um homem vestido de preto usando um chapéu, e que em algumas vezes também é visto com uma capa, parecendo ao longe até uma sombra, faz parte de um fenômeno sobrenatural já relatado por indivíduos ao redor do mundo. Quem o viu de perto, em inúmeros casos, o descreve com mais de 2 metros de altura e com um olhar mortal e sem expressão. A maioria destes relatos os descrevem também como silhuetas negras de seres humanóides, sendo que em alguns avistamentos estão “sem rosto”, ou com uma face parecida com a de bonecos de cêra, pálidos e sem expressão. Também existem comentários de que seus olhos, quando os possuem, são vermelhos cor de fogo ou amarelados. Em outras situações dizem que não possuem massa, variando sua forma entre o bidimensional a formas vaporosas. Seus movimentos são geralmente descritos como sendo muito ou extremamente rápidos e sem coordenação, ou mesmo do tipo “gelatinoso”, pois em alguns relatos constam que eles se movem lentamente como um tipo de geléia ou líquido viscoso e então rapidamente “voam” para outra parte do ambiente. Observadores destes supostos seres costumam relatar que eles são percebidos primeiro através da visão periférica e que quando percebem que o contato direto foi estabelecido rapidamente desintegram-se ou fogem do campo de foco do observador. Mesmo assim, uma grande parte dos relatos afirmam que estes seres aperecem no foco central da visão humana aparecendo muito perto do observador e permanecendo por muitos segundos antes de desaparecerem. Estes avistamentos vem sendo relatados no mundo todo desde tempos muito antigos. São tópicos freqüentes em programas de rádio, revistas e jornais com temática espiritualista e durante os anos 90 o assunto recebeu uma grande atenção da mídia especializada. Os relatos mais consistentes descrevem um sentimento de pavor e extrema angústia associado à presença do fenômeno e também que os animais reagem à aparição com medo e hostilidade. Atenção que as sombras andam por aí! Podem estar por detrás de qualquer um de nós….

Homem Sombra

30/11/-0001