AMGAP

A eleição dos novos órgãos sociais foi realizada na reunião efectuada ontem em Beja e da mesma resultou que a presidência da Assembleia Municipal é de Montemor-o-Novo e a do Conselho Executivo da Câmara de Alcácer, órgão composto também pelas autarquias de Cuba, Arraiolos, Viana do Alentejo e Aljustrel. Nesta reunião foram eleitos, igualmente, os representantes dos municípios associados, na empresa Águas Públicas do Alentejo, sendo os mesmos os autarcas de Santiago do Cacém e Mértola. As declarações são de Vítor Proença, presidente da Câmara de Alcácer do Sal e do Conselho Executivo da AMGAP.

Sabendo que existem dificuldades acrescidas, decorrentes da intenção do Governo de privatizar a água, Vítor Proença garantiu que a AMGAP vai continuar a lutar, no sentido de impedir que este bem precioso se torne um negócio. Vítor Proença acrescentou que com as Águas Públicas do Alentejo vai ser exigido muito saber e competência, por parte da AMGAP, assim como muita discussão sobre os planos de investimentos e gestão do próprio sistema em que os municípios estão integrados.

Recorde-se que a AMGAP junta 14 autarquias do distrito de Beja, quatro de Évora e três de Setúbal, ou seja 21 municípios alentejanos para a gestão e exploração do sistema integrado de abastecimento de água em alta e de saneamento de águas residuais, numa parceria pública com o Estado.


Comente esta notícia