Passos Coelho

A 31ª Ovibeja tem como conceito: "Terra Fértil - Mostra de Inovação Agrícola e Agrobusiness", traz o campo à cidade e demonstra e propõe para o primeiro dia também, a iniciativa transumância de ovinos. A iniciativa começa às 14.30 horas, no Largo do Castelo, em frente à Sé Catedral, e recria uma antiga rota em Beja, com mais de 300 ovelhas de raça campaniça a percorrer algumas ruas da cidade, num percurso que vai culminar na avenida principal da feira, com uma cerimónia de bênção do gado.

Numa parceria entre a ACOS - Agricultores do Sul e o Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, a Ovibeja recria uma antiga rota de transumância e de acordo com o historiador e investigador José António Falcão há uma ligação fundamental entre a actividade pecuária e a fundação de alguns dos principais santuários do território.

A transumância foi fundamental para o povoamento do Alentejo, frisou, igualmente, José António Falcão, explicando como.

Para além do campo agrícola, a Ovibeja deste ano propõe, igualmente, no espaço Pavilhão do Alentejo, produtos agro-alimentares, provas comentadas de azeites de todo o mundo, participantes no 4º Concurso Internacional de Azeite Virgem Extra - Prémio Ovibeja.

No Pavilhão da pecuária podem ser apreciados mais de 300 animais, entre ovelhas, cabras, vacas e burros, da raça Andaluz.

As ovinoites animam o recinto, como habitualmente, e Gabriel o Pensador é o primeiro a actuar no palco do Pavilhão Multiusos, na noite de amanhã.


Comente esta notícia