NOTAS DE EURO CONTAGEM

"Em 2019 diminui a percentagem de inquiridos que considera importante a formação nas áreas financeiras, que passou de 53% em 2018 para 44%, a conclusão é do Observador Cetelem Literacia Financeira. No entanto, mantém-se a percentagem de inquiridos (cerca de um quarto) que indica sentir necessidade de formação financeira, em particular nas áreas de gestão orçamental (12%) e poupança (11%).

Para os que consideram as formações financeiras importantes, os portugueses elegem o Banco de Portugal como a entidade que deve ser a principal responsável pela formação (42%), seguido pelas instituições financeiras (33%), Câmaras Municipais (25%) e Escolas (24%).  Os inquiridos que mais importância conferem a este tema encontram-se entre os 25 e os 34 anos (57%).

Os resultados do inquérito revelam ainda que 35% dos portugueses dizem não se informar sobre a atualidade económica e financeira do país e os que se informam fazem-no 1 a 2 vezes por mês."


Comente esta notícia